Comissão de Pecuária de Corte discute Funrural e apresenta bonificação da carne a produtores

28.04.2017

 

A Plataforma de Qualidade - Carne Bonificada, desenvolvido pelo Instituto CNA, o mercado de carne, a constitucionalidade da cobrança do Funrural, decidida pelo STF, e a proposta de reforma trabalhista foram os principais temas da última reunião da Comissão Técnica da Pecuária de Corte da FAEMG.

 

De acordo com o presidente do SISTEMA FAEMG, Roberto Simões, a pecuária de corte está se recuperando bem dos efeitos provocados pela Operação Carne Fraca e que é o agronegócio que continua sendo a alavanca de crescimento do Brasil. “O país é muito maior do que esta confusão política que estamos vivendo. Apesar de toda essa bagunça, será a iniciativa privada que fará com que o Brasil seja viável”. Roberto Simões destacou, ainda, a importância da participação dos representantes dos sindicatos rurais nas comissões técnicas.

 

Para o analista de Agronegócios da FAEMG, Wallisson Lara Fonseca, que falou sobre o mercado de carne, apesar de estarmos em momento de safra, a pecuária de corte tem revertido o fluxo de queda da arroba do boi gordo. Segundo ele, a estratégia de confinamento pode ser viável para o período de entressafra. “Mas, cabe ao pecuarista ficar atento ao mercado, pois o incremento na renda do consumidor está diretamente ligado ao aumento do consumo de carne”. 

 

Por videoconferência, o coordenador dos Protocolos de Rastreabilidade de Adesão Voluntária da CNA, Paulo Vicente Costa, explicou o funcionamento da Plataforma de Qualidade – Carne Bonificada, que permite o monitoramento do produto, da propriedade até a mesa do consumidor, e ainda proporciona pagamento de bonificação da carcaça certificada. Durante o evento também foram discutidos e apresentados, pela assessora jurídica da FAEMG, Mariana Maia, os principais pontos do projeto da reforma trabalhista.

 

FUNRURAL

 

As discussões sobre o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), chegaram ao Planalto Rural na última quinta-feira. O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Nilson Leitão (PSDB-MT) e representantes da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) estiveram reunidos com o presidente Michel Temer e os ministros da Casa Civil e da Fazenda, Eliseu Padilha e Henrique Meirelles, para propor mudanças na cobrança. 

 

De acordo com o presidente da Comissão da Pecuária de Corte da FAEMG, Ricardo Laughton, que também ocupa o cargo de presidente do Sindicato Rural de Montes Claros e a vice-presidência da FAEMG, a orientação da FAEMG com relação ao recolhimento do Funrural sempre foi de cautela. “Mesmo com o STF reconhecendo a inconstitucionalidade do Funrural nos últimos anos, por meio de liminares, a Federação sempre orientou os produtores a agirem com prudência”. As dúvidas sobre a cobrança foram tiradas pelo coordenador da Assessoria Técnica da FAEMG, Francisco Simões.

Please reload

Posts Em Destaque

Pecuária de Corte: Painel Campo Futuro levanta informações sobre o setor

03.09.2020

1/4
Please reload

Posts Recentes

April 3, 2020

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Procurar por tags