FAEMG homenageia ministra da Agricultura

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, foi a grande homenageada da 11ª edição da maior comenda do agronegócio mineiro, realizada na noite dessa quinta (18), em BH. Engenheira agrônoma, ela já foi presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e tem destacada atuação em defesa do agronegócio brasileiro. A premiação é promovida anualmente pelo Sistema FAEMG em comemoração ao Dia do Produtor Rural Mineiro. Em 2019, foram homenageadas 18 pessoas e instituições que prestaram relevantes serviços ao setor rural. Outro destaque da solenidade foi a inédita categoria Medalha Especial, que prestou homenagem ao Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, pela atuação heroica em tragédias como as de Mariana, Brumadinho e de Moçambique, na África. De acordo com o presidente do Sistema FAEMG, Roberto Simões, "a ministra Tereza Cristina tem longo histórico de atuação competente e capacidade de negociação, sempre com firmeza e serenidade. Em poucos meses recebemos com alegria os resultados de seu trabalho, com um plano agrícola unificado, o importante acordo entre Mercosul e União Europeia, e uma forte atuação em políticas externas, abrindo novos mercados para nossos produtos agrícolas”, afirmou. O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, também esteve presente na solenidade. Ele afirmou que “Minas tem obtido resultados econômicos acima da média brasileira graças ao agronegócio. Precisamos apoiar quem produz, gera emprego e renda. Especialmente o setor rural, que enfrenta tantas dificuldades adicionais. Precisamos trabalhar pela desburocratização e agilidade nas questões jurídicas, ambientais e de segurança no campo. O estado precisa ser aliado e não um obstáculo”, disse. A edição 2019 da Medalha do Mérito Rural também teve a presença do presidente do Sistema CNA, João Martins. Ele elogiou a atuação da ministra Tereza Cristina. "A agropecuária precisava da condução de uma pessoa como ela, com equilíbrio, serenidade e foco de resultado. É a ministra dos sonhos do agronegócio brasileiro. Terá grande parcela de contribuição no futuro do país”, destacou. A grande homenageada da noite destacou, durante discurso, que o produtor rural brasileiro sabe produzir muito bem, mas precisa aprender a vender, levar seus produtos para fora, agregar valor. "Temos oportunidades enormes de abertura de novos mercados internacionais, mas precisamos deixar de lado a timidez e nos preparar para aproveitá-las. E o governo entrará com as políticas públicas que forem necessárias. Não podemos deixar o Brasil fechado por falta, ou por excesso de legislação. Precisamos ser facilitadores dos que querem produzir nesse país, e vamos conseguir isso juntos!”, reforçou. Além da Grande Medalha, a FAEMG homenageou pessoas nas categorias de Comunicação (Miguel Daoud); Técnico-científica (José Braz Matiello); e Categoria Especial (Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, em reconhecimento, principalmente, ao trabalho de resgate das vítimas da tragédia de Brumadinho).

José Avelino (presidente do Sindicato Rural de Montes Claros); Nuno Monteiro (homenageado); José Aparecido (presidente do Sindicato Rural de Janauba) e Dirceu Martins, gerente regional do Senar no Norte de Minas

Também foram homenageados, como de costume, produtores rurais que se destacam pela dedicação e resultados nas propriedades. Neste ano, os agraciados foram Adriel Guedes Azambuja (Gurinhatã); Alex Mussi (São Gotardo); Derli Carvalho Trindade e Rosângela Maria Barbosa Trindade (Perdões); Geraldo Elísio dos Santos (Martinho Campos); José Marcelo Araújo (Campos Gerais); Magnólia Martins da Silva (Monte Alegre de Minas); Nuno Monteiro Casassanta (Belo Horizonte); Rodrigo Pinto Canabrava (Curvelo); Thiago Soares Fonseca (Uberlândia); e Vilmar Pereira Pires (Nova Ponte). Quatro Sindicatos Rurais tambem receberam a Medalha do Mérito Rural: Bom Despacho, Itabira, Mar de Espanha, Santa Maria de Itabira. Para o presidente do Sindicato Rural de Montes Claros, José Avelino Pereira Neto, esta é uma das formas que o Sistema FAEMG tem de valorizar o homem do campo. "É muito importante que histórias de sucesso, dedicação e esforço sejam reconhecidas. O produtor rural enfrenta uma luta diária pela nobre missão de alimentar o Brasil e o mundo, e o Sistema FAEMG trabalha diariamente para que o setor se desenvolva e dê mais frutos", afirma.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Procurar por tags