AFTOSA: Sindicato Rural alerta para segunda etapa da vacinação



Começa nesta sexta-feira (1/11) a segunda etapa anual da vacinação de bovinos e bubalinos contra febre aftosa. A vacinação é obrigatória e os criadores estão sujeitos a multa de R$89,83 por animal. O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) estima que 10 milhões de bovinos e bubalinos sejam vacinados.


O produtor deverá comprovar a vacinação de seu rebanho até o dia 10 de dezembro. Nesta etapa, devem receber a vacina os animais de zero a 24 meses. O descumprimento dessa norma sujeita o produtor a multa. "A partir de agora, os criadores também deverão levar cópia do Cadastramento Ambiental Rural (CAR) para realizar o lançamento das vacinas", explica o presidente do Sindicato Rural de Montes Claros, José Avelino Pereira Neto.


A febre aftosa é uma doença altamente contagiosa, causada por um vírus e transmitida pela saliva, aftas, leite, sêmen, urina e fezes dos animais doentes. A doença também é transmitida através da água, do ar, objetos e ambientes contaminados. O animal doente pode apresentar febre, aftas na boca, lesões nas tetas e entre as unhas. "Se forem verificados animais com estes sintomas, o produtor rural deve imediatamente comunicar a unidade do IMA mais próxima", alerta José Avelino.


Os produtores rurais de Montes Claros e região podem registrar a vacinação do rebanho no escritório do IMA, no Parque de Exposições João Alencar Athayde, ou na sede do Sindicato Rural da cidade. Mais informações podem ser obtidas pelo (38) 3215-1058.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Procurar por tags