• Sindicato dos Produtores Rurais de Montes Claros

Toninho de Salvo toma posse na FAEMG


As sensações eram de dever cumprido com eficiência e de perspectivas arrojadas para os planos futuros. A cerimônia de posse do Sistema FAEMG/SENAR/INAES/Sindicatos foi promovida, ontem. O atual presidente, Roberto Simões, falou de sua trajetória de contribuições ao agronegócio mineiro. E o presidente eleito, Antônio Pitangui de Salvo, elencou a grandiosidade da diversidade do setor no estado e suas metas para cumprir o desafio à frente do Sistema, após assinar o termo de posse, representando a nova diretoria.


“Este Sistema FAEMG moderno, diversificado, eficiente e de baixo custo, garantido pelo controle financeiro, é o legado que deixo ao fim desta ‘travessia’, termo que gosto de citar tendo Guimarães Rosa como referência. Fomos protagonistas do primeiro salto da agricultura. E acreditamos que as gerações futuras conduzirão o segundo grande salto, desta agricultura 5.0, que será inovadora, digitalizada, sustentável, com o uso de bioinsumos e conectividade. Isto vai acontecer porque na nossa nova diretoria, seu líder é engenheiro agrônomo, filho de engenheiro agrônomo e pai de engenheiro agrônomo. Antônio tem passado, presente e futuro, igual a nossa agricultura...”, afirmou o ex-presidente Roberto Simões.


Para Antônio Pitangui de Salvo, presidente eleito, o passado é inspiração, o presente é um ponto de partida para o futuro. "O que nos aguarda é o futuro. Devemos nos tornar parceiros do tempo futuro... Coragem, determinação, empenho e persistência. Somos legítimos parceiros do novo tempo que começa. E, se não estivermos juntos, em prol da nossa causa, não poderemos nos defender... Inovar é ser diferente, é praticar ação transparente. Viva a classe produtora rural! Que Deus nos ilumine!”, disse.


Também destacaram os feitos da diretoria atual e as perspectivas em relação à nova gestão, o diretor geral do SENAR Nacional, Daniel Carrara, a secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Maria Valentini; o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho, representando a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; e o governador de Minas Gerais em exercício, Paulo Brant.


O presidente do Sindicato Rural de Montes Claros, José Avelino Pereira Neto, é membro da diretoria eleita, e se diz orgulhoso de poder representar os produtores rurais da região à nível estadual. "Montes Claros sempre esteve presente e ativo nas gestões anteriores da FAEMG, e não poderia ser diferente. Vamos trabalhar para que, a cada dia mais, a entidade se torne um ponto de referência e sinônimo de segurança para a nossa classe" disse.